VERIFICAR RESTRIÇÕES DE USO CONSTANTES NA LISTA DE ...· INSTRUÇÕES DE USO DO PRODUTO: O produto

download VERIFICAR RESTRIÇÕES DE USO CONSTANTES NA LISTA DE ...· INSTRUÇÕES DE USO DO PRODUTO: O produto

of 12

  • date post

    01-Oct-2018
  • Category

    Documents

  • view

    218
  • download

    0

Embed Size (px)

Transcript of VERIFICAR RESTRIÇÕES DE USO CONSTANTES NA LISTA DE ...· INSTRUÇÕES DE USO DO PRODUTO: O produto

  • TRIFOLI

    VERIFICAR RESTRIES DE USO CONSTANTES NA LISTA DE AGROTXICOS DO PARAN

    Registro no Ministrio da Agricultura, Pecuria e Abastecimento n 04908

    COMPOSIO:

    (RS)-2,4-difluoro--(1H-1,2,4-triazol-1-ylmethyl)benzhydryl alcohol (FLUTRIAFOL) .......................................................................................125g/L (12,5% m/v) Outros Ingredientes.................................................................................875g/L (87,5% m/V)

    PESO LQUIDO: vide rtulo CLASSE: FUNGICIDA SISTMICO DO GRUPO QUMICO DOS TRIAZIS TIPO DE FORMULAO: Suspenso Concentrada (SC) TITULAR DO REGISTRO(*): SINON DO BRASIL LTDA. Av. Carlos Gomes, 1340 - conj. 1001 CEP 90480-001 - Porto Alegre/RS - CNPJ: 03.417.347/0001-22 Nmero do registro do estabelecimento no Estado: 00001094/99 SEAPA/RS (*) IMPORTADOR DO PRODUTO FORMULADO FABRICANTE DO PRODUTO TCNICO: FLUTRIAFOL TCNICO SINON Registro n 002707 SINON CORPORATION No. 101, Nanrong Road, Da-Du District, Taichung City, 43245, Taiwan, R.O.C. SINON CHEMICAL (CHINA) CO., LTD 28, Beicun Road, Zhelin Town, Fengxian District, Shanghai, China; FORMULADOR/MANIPULADOR: SINON CORPORATION No. 101, Nanrong Road, Da-Du District, Taichung City, 43245, Taiwan, R.O.C. SINON CHEMICAL (CHINA) CO., LTD 28, Beicun Road, Zhelin Town, Fengxian District, Shanghai, China; SIPCAM NICHINO BRASIL S.A. Rua Igarapava, n 599, Distrito Industrial III CEP: 38102-970 - Uberaba/MG - CNPJ: 23.361.306/0001-79

    Nmero do registro do estabelecimento no Estado: 701-06-046 IMA/MG TAGMA BRASIL IND E COMERCIO PRODUTOS QUMICOS LTDA Av. Roberto Simonsem, 1459

    GRUPO G1 FUNGICIDA

  • Paulnia-SP CNPJ: 03.855.423/0001-81

    Nmero do registro do estabelecimento no Estado: 477 CDA/SP IQL-INDSTRIAS QUMICA LORENA LTDA Rua 01 esquina com a Rua 06, S/N Roseira/SP CNPJ: 48.284.749/0001-34

    Nmero do registro do estabelecimento no Estado: 266 CDA/SP PRENTISS QUMICA LTDA Rod. PR 423, Km 24,5 s/n CEP 83603-000 - Campo Largo/PR - CNPJ: 00.729.422/0001-00

    Nmero do registro do estabelecimento no Estado: 002669 ADAPAR/PR SERVATIS S/A Rodovia Presidente Dutra, Km 300,5, Pq Embaixador Resende/RJ CNPJ: 06.697.008/0001-35

    Nmero do registro do estabelecimento no Estado: 943.503 FEEMA/RJ IMPORTADOR: SIPCAM NICHINO BRASIL S.A. Rua Igarapava, n 599, Distrito Industrial III CEP: 38102-970 - Uberaba/MG - CNPJ: 23.361.306/0001-79

    Nmero do registro do estabelecimento no Estado: 701-06-046 IMA/MG SIPCAM NICHINO BRASIL S.A. Rodovia de Acesso Via Anhanguera - Distrito Industrial CEP: 14540-000 Igarapava/SP - CNPJ: 23.361.306/0007-64

    Nmero do registro do estabelecimento no Estado: 530 CDA/SP

    N do Lote e N da Partida: VIDE EMBALAGEM Data de Fabricao:

    Data de Vencimento:

    ANTES DE USAR O PRODUTO LEIA O RTULO, A BULA E A RECEITA E CONSERVE-OS EM SEU PODER.

    OBRIGATRIO O USO DE EQUIPAMENTOS DE PROTEO INDIVIDUAL. PROTEJA-SE.

    OBRIGATRIA A DEVOLUO DA EMBALAGEM VAZIA

    INDSTRIA BRASILEIRA (Dispor este termo quando houver processo industrial

    no Brasil, conforme previsto no Art. 4 do Decreto n 7212, de 15 de junho de

    2010).

    CLASSIFICAO TOXICOLGICA: CLASSE III MEDIANAMENTE TXICO CLASSIFICAO QUANTO AO POTENCIAL DE PERICULOSIDADE AMBIENTAL:

    CLASSE III PRODUTO PERIGOSO AO MEIO AMBIENTE

  • INSTRUES DE USO DO PRODUTO: O produto TRIFOLI um fungicida sistmico, do grupo qumico dos triazis, indicado para aplicao por pulverizao nas seguintes culturas: Caf e Melo, e em aplicao localizada na cultura de Caf, conforme quadro no item abaixo.

    CULTURAS / DOENAS / DOSES / VOLUME DE CALDA/ POCA E NMERO DE APLICAO:

    Cultura Pragas Dose Volume de

    calda poca de aplicao/Nmero

    de aplicaes

    Caf**

    Ferrugem do cafeeiro (Hemilia vastatrix)

    3,5 a 5,5 L/ha

    50 mL/planta

    Realizar uma nica aplicao do produto sem diluio, quando a cultura estiver no estdio de florao (BBCH 55).

    (Mximo de aplicaes: 1)

    Caf

    Ferrugem do cafeeiro (Hemilia vastatrix)

    1,5 a 2,0 L/ha

    500 L/ha

    Aplicar quando atingir nvel de infeco de 5%, e repetir se necessrio com intervalo de 30 dias, dependendo da evoluo da doena e respeitando-se o intervalo de segurana.

    (Mximo de aplicaes: 2)

    Melo

    Odio (Sphaerotheca fuliginea)

    0,8 a 1,6 L/ha

    1000 L/ha

    Realizar duas aplicaes, a primeira antes do incio dos primeiros sintomas e as maiores doses quando as condies climticas forem favorveis doena (clima seco com altas temperaturas) e a partir do incio dos primeiros sintomas da doena. Normalmente, inicia-se a primeira aplicao 28 dias aps a emergncia da cultura, e a segunda aplicao 15 dias aps a primeira aplicao.

    (Mximo de aplicaes: 2)

    ** aplicao localizada (solo)

    MODO DE APLICAO: TRIFOLI indicado para aplicao em mistura com gua, e/ou leo mineral. Recomenda-se agitar a embalagem do produto antes do preparo da calda. CAF Aplicao foliar: Aplicar o produto visando boa cobertura da planta evitando-se o escorrimento. Utilizar atomizador motorizado costal ou tratorizado. Aplicao via solo: Pulverizar o produto no solo com jato ou bico, dirigindo a aplicao sob a projeo da copa, diluir o produto em 50ml de gua por planta. MELO As aplicaes devem ser terrestres, podendo-se utilizar equipamento costal ou equipamento acoplado a tratores; barra ou pistola munida de bicos cnicos. Em ambos os equipamentos devem ser utilizados as doses recomendadas, diludas em gua e aplicadas em alta vazo (1000 litros de calda/ha), visando a completa cobertura das folhas.

  • INTERVALO DE SEGURANA:

    Cultura Dias

    Caf (aplicao foliar) 30

    Caf (aplicao no solo) 120

    Melo 10

    INTERVALO DE REENTRADA DE PESSOAS NAS CULTURAS E REAS TRATADAS: No entre na rea em que o produto foi aplicado antes da completa secagem da calda (no mnimo 24 horas aps a aplicao). Caso necessite entrar antes desse perodo, utilize os EPIs recomendados para o uso durante a aplicao. LIMITAES DE USO: Uso exclusivo agrcola. O uso de produto est restrito as indicaes da bula. Se utilizado conforme as indicaes da bula, no provoca danos as culturas indicadas. INFORMAES SOBRE OS EQUIPAMENTOS DE PROTEO INDIVIDUAL A SEREM UTILIZADOS: VIDE DADOS RELATIVOS PROTEO DA SADE HUMANA. INFORMAES SOBRE OS EQUIPAMENTOS DE APLICAO A SEREM UTILIZADOS:

    VIDE MODO DE APLICAO.

    DESCRIO DOS PROCESSOS DE TRPLICE LAVAGEM DA EMBALAGEM OU TECNOLOGIA EQUIVALENTE Vide DADOS RELATIVOS PROTEO DO MEIO AMBIENTE INFORMAES SOBRE OS PROCEDIMENTOS PARA A DEVOLUO, DESTINAO, TRANSPORTE, RECICLAGEM, REUTILIZAO E INUTILIZAO DAS EMBALAGENS VAZIAS; Vide DADOS RELATIVOS PROTEO DO MEIO AMBIENTE INFORMAES SOBRE OS PROCEDIMENTOS PARA A DEVOULUO E DESTINAO DE PRODUTOS IMPRPRIOS PARA UTILIZAO OU EM DESUSO. Vide DADOS RELATIVOS PROTEO DO MEIO AMBIENTE INFORMAO SOBRE MANEJO DE RESISTNCIA A FUNGICIDAS: O uso sucessivo de fungicidas do mesmo mecanismo de ao para o controle do mesmo alvo pode contribuir para o aumento da populao de fungos causadores de doenas resistentes a esse mecanismo de ao, levando a perda de eficincia do produto e consequente prejuzo. Como prtica de manejo de resistncia e para evitar os problemas com a resistncia dos fungicidas, seguem algumas recomendaes:

    Alternncia de fungicidas com mecanismos de ao distintos do Grupo G1 para o controle do mesmo alvo, sempre que possvel;

    Adotar outras prticas de reduo da populao de patgenos, seguindo as boas prticas agrcolas, tais como rotao de culturas, controles culturais, cultivares com gene de resistncia quando disponveis, etc;

    Utilizar as recomendaes de dose e modo de aplicao de acordo com a bula do produto;

  • Sempre consultar um engenheiro agrnomo para o direcionamento das

    principais estratgias regionais sobre orientao tcnica de tecnologia de aplicao e manuteno da eficcia dos fungicidas;

    Informaes sobre possveis casos de resistncia em fungicidas no controle de fungos patognicos devem ser consultados e, ou, informados : Sociedade Brasileira de Fitopatologia (SBF: www.sbfito.com.br), Comit de Ao Resistncia de Fungicidas (FRAC-BR: www.frac-br.org), Ministrio da Agricultura, Pecuria e Abastecimento (MAPA: www.agricultura.gov.br).

    O produto fungicida Trifoli composto por Flutriafol, que apresenta mecanismo de ao da C14-desmetilase na biossntese de esterol (erg11/cyp51), pertencente ao Grupo G1, segundo classificao internacional do FRAC (Comit de Ao Resistncia de Fungicidas).

    MINISTRIO DA SADE AGNCIA NACIONAL DE VIGILNCIA SANITRIA

    DADOS RELATIVOS PROTEO DA SADE HUMANA: ANTES DE USAR LEIA COM ATENO AS INSTRUES. PRODUTO PERIGOSO. USE OS EQUIPAMENTOS DE PROTEO INDIVIDUAL COMO INDICADO. PRECAUES GERAIS:

    Produto para uso exclusivamente agrcola;

    No coma, no beba e no fume durante o manuseio e aplicao do produto;

    No manuseie ou aplique o produto sem os equipamentos de proteo individual (EPI) recomendados;

    Os equipamentos de proteo individual (EPI) recomendados devem ser vestidos na seguinte ordem: macaco, botas, mscara, culos, touca rabe e luvas;

    No utilize equipamentos de proteo individual (EPI) danificados;

    No utilize equipamentos com vazamentos ou defeitos;

    No desentupa bicos, orifcios e vlvulas com a boca;

    No transporte o produto juntamente com alimentos, medicamentos, raes, animais e pessoas.

    PRECAUES NA PREPARAO DA CALDA:

    Caso ocorra contato acidental da pessoa com o produto, siga as orientaes descritas em primeiros socorros e procure rapidamente um servio mdico de emergncia.

    Ao abrir a embalagem, faa-o de modo a evitar respingos.

    Utilize equipamento de proteo individual - EPI: macaco de algodo hidrorrepelente c