Analista Legislativo - Engenharia de Segurança do...

of 16/16
  • date post

    21-Jan-2019
  • Category

    Documents

  • view

    213
  • download

    0

Embed Size (px)

Transcript of Analista Legislativo - Engenharia de Segurança do...

Assemblia Legislativa de Rondnia FGV Projetos

Analista Legislativo - Engenharia de Segurana do Trabalho 1 Tipo 1 Cor BRANCA Pgina 3

Lngua Portuguesa

Texto 1.

Observao

Vivemos to apressados que estamos perdendo a habilidade de observar detalhadamente o que nos cerca. Por outro lado, somos to bombardeados por imagens e por estmulos visuais que, para nos proteger do excesso, aprendemos a no perceber o que est em volta, aprendemos a nos proteger. Por isso, a propaganda fica cada vez mais agressiva. Os produtos precisam, a qualquer custo, chamar a ateno do possvel comprador, at que sejamos capazes de ver sem olhar. Ou seja, mesmo sem estarmos interessados, no podemos escapar de perceber uma imagem de propaganda.

Isso nos tem levado autoproteo ou a uma atitude passiva, j que no preciso fazer nenhum esforo, pois a propaganda e as imagens se encarregam de nos invadir.

Entretanto, para apreciar a arte e saber ler imagens, uma primeira habilidade que precisamos renovar, estimular e desenvolver a observao. Ela deve deixar de ser passiva para tornar-se ativa, voluntria: observo o que quero, porque quero, como quero, da forma que quero, quando quero observar.

Se pedirmos a um amigo que descreva algum, ele pode dizer genericamente: alto, magro, de meia-idade: ou ento ser bem especfico: tem aproximadamente 1 metro e oitenta, magro, est vestido com uma cala azul, camisa branca, tnis, jaqueta de

couro marrom, tem cabelos escuros, encaracolados, curtos, olhos

azuis, usa costeletas, tem um sinal escuro do lado direito do rosto

e cerca de 40 anos.

Essa segunda descrio mais detalhada e demonstra mais observao. Naturalmente, se eu estiver procurando tal pessoa, a partir dessa descrio detalhada, posso encontr-la com mais facilidade.

OLIVEIRA, J. e GARCEZ, L. Explicando a Arte. Ed. Nova Fronteira. 2001.

1

Assinale a opo que indica o objetivo principal do texto.

(A) Valorizar a arte em nossa vida cotidiana.

(B) Ensinar como escapar da propaganda enganosa.

(C) Explicar o meio de funcionamento da publicidade.

(D) Destacar a importncia da observao das imagens.

(E) Fazer com que a propaganda seja mais bem considerada.

2

Em todas as opes a seguir foram sublinhadas oraes. Indique aquela que tem seu valor semntico corretamente indicado.

(A) Vivemos to apressados que estamos perdendo a habilidade de observar detalhadamente o que nos cerca. / consequncia.

(B) Por outro lado, somos to bombardeados por imagens e por estmulos visuais que, para nos protegermos do excesso, aprendemos a no perceber muito o que est em volta, ... / explicao.

(C) Por isso a propaganda fica cada vez mais agressiva. / concluso.

(D) Os produtos precisam, a qualquer custo, chamar a ateno do possvel comprador, at que sejamos capazes de ver sem olhar. / proporo.

(E) Ou seja, mesmo sem estarmos interessados, no podemos escapar de perceber uma imagem de propaganda. / causa.

3

Ela deve deixar de ser passiva para tornar-se ativa, voluntria: observo o que quero, porque quero, como quero, da forma que quero, quando quero observar.

O trecho acima fala de vrios aspectos da observao; assinale a opo que apresenta o aspecto cujo valor semntico est explicitado erradamente.

(A) o que quero / o objetivo.

(B) porque quero / a explicao.

(C) como quero / o meio.

(D) da forma que quero / o modo.

(E) quando quero observar / o tempo.

4

Em todos os segmentos a seguir, retirados do texto 1, h um conector sublinhado.

Indique o substituto correto dentre os que so indicados, supondo-se adaptaes das frases.

(A) Por outro lado, somos to bombardeados por imagens ... / Assim.

(B) ...para nos proteger do excesso / apesar de.

(C) Por isso, a propaganda fica cada vez mais agressiva / Visto que.

(D) mesmo sem estarmos interessados / embora.

(E) j que no preciso fazer nenhum esforo / logo.

5

Ela deve deixar de ser passiva para tornar-se ativa; a relao de oposio entre as duas palavras sublinhadas se repete em

(A) cuidadosa / displicente.

(B) demorada / lenta.

(C) superficial / desimportante.

(D) afetiva / sentimental.

(E) produtiva / reprodutiva.

6

Segundo o texto, a propaganda se torna mais agressiva porque

(A) deve intensificar o bombardeio sobre os consumidores.

(B) procura opor-se autoproteo dos clientes.

(C) pretende vender os produtos anunciados.

(D) deseja sobrepor-se aos concorrentes.

(E) tenta chegar ao pblico-alvo ideal.

Assemblia Legislativa de Rondnia FGV Projetos

Analista Legislativo - Engenharia de Segurana do Trabalho 1 Tipo 1 Cor BRANCA Pgina 4

7

Por outro lado, somos to bombardeados por imagens e por estmulos visuais que, para nos proteger do excesso, aprendemos a no perceber o que est em volta, aprendemos a nos proteger. Por isso, a propaganda fica cada vez mais agressiva. Os produtos precisam, a qualquer custo, chamar a ateno do possvel comprador, at que sejamos capazes de ver sem olhar. Ou seja, mesmo sem estarmos interessados, no podemos escapar de perceber uma imagem de propaganda.

Esse segmento do texto nos mostra um conjunto de caractersticas do texto publicitrio. A caracterstica que no est presente nesse segmento a de que o texto publicitrio deve

(A) dirigir-se ao comprador potencial do produto anunciado.

(B) produzir mensagens subliminares.

(C) convencer os compradores a adquirirem o produto.

(D) criar interesse pelos produtos indicados.

(E) mudar a ideologia social dos clientes.

8

Os produtos precisam, a qualquer custo, chamar a ateno do possvel comprador, at que sejamos capazes de ver sem olhar.

O segmento ver sem olhar mostra

(A) um erro gramatical.

(B) uma incoerncia lgica.

(C) uma expresso popular.

(D) uma citao intertextual.

(E) uma repetio desnecessria.

9

Assinale a opo que apresenta o segmento do texto em que a incluso, a mudana de posio ou a retirada de uma vrgula altera o sentido do texto.

(A) Por outro lado, somos to bombardeados por imagens... / Por outro lado somos to bombardeados por imagens.

(B) Por isso, a propaganda fica cada vez mais agressiva. / Por isso a propaganda fica cada vez mais agressiva.

(C) Por isso, a propaganda fica cada vez mais agressiva. / Por isso a propaganda fica cada vez mais, agressiva.

(D) Vivemos to apressados que estamos perdendo a habilidade de observar ... / Vivemos to apressados, que estamos perdendo a habilidade de observar.

(E) ...a habilidade de observar detalhadamente o que nos cerca. / a habilidade de observar, detalhadamente, o que nos cerca.

10

Entretanto, para apreciar a arte e saber ler imagens, uma primeira habilidade que precisamos renovar, estimular e desenvolver a observao.

Se transformarmos as oraes reduzidas sublinhadas em oraes desenvolvidas, as formas adequadas sero:

(A) para que apreciemos a arte e saibamos ler imagens.

(B) para que aprecissemos a arte e soubssemos ler imagens.

(C) para que tivssemos apreciado a arte e sabermos ler imagens.

(D) para a apreciao da arte e a sabedoria de ler imagens.

(E) Para apreciarmos a arte e sabermos ler imagens.

11

O penltimo pargrafo do texto traz exemplos de textos descritivos. A caracterstica determinante desse modo de organizao textual

(A) o fornecimento de informaes.

(B) a apresentao de diferentes pontos de vista.

(C) o relato de fatos em sucesso cronolgica.

(D) a tentativa de convencimento do leitor.

(E) a indicao de dados de um objetivo.

12

Uma das classes de palavras mais frequentes em descries a dos adjetivos que podem indicar estados, caractersticas, qualidades ou relaes.

Os adjetivos predominantes nos segmentos descritivos so os indicadores de

(A) qualidade.

(B) estado.

(C) trao psicolgico.

(D) caracterstica.

(E) relao.

13

Essa segunda descrio mais detalhada e demonstra mais observao. Naturalmente, se eu estiver procurando tal pessoa, a partir dessa descrio detalhada, posso encontr-la com mais facilidade.

Nesse pargrafo do texto h trs ocorrncias do vocbulo mais. Sobre essas ocorrncias, assinale a afirmativa correta.

(A) Os trs vocbulos pertencem a trs classes diferentes.

(B) Os trs vocbulos pertencem mesma classe gramatical.

(C) As duas ltimas ocorrncias documentam a classe dos pronomes.

(D) As duas primeiras ocorrncias documentam a classe dos advrbios.

(E) A segunda ocorrncia documenta uma classe gramatical diferente das demais.

14

Essa segunda descrio mais detalhada e demonstra mais observao. Naturalmente, se eu estiver procurando tal pessoa, a partir dessa descrio detalhada, posso encontr-la com mais facilidade.

Assinale o termo desse fragmento do texto que no estabelece qualquer ligao coesiva com um termo antecedente.

(A) Essa segunda descrio.

(B) tal pessoa.

(C) dessa descrio detalhada.

(D) la.

(E) mais facilidade.

Assemblia Legislativa de Rondnia FGV Projetos

Analista Legislativo - Engenharia de Segurana do Trabalho 1 Tipo 1 Cor BRANCA Pgina 5

Raciocnio Lgico

15

Os nmeros x+1, 2x-1 e x+5, nessa ordem, so os trs primeiros termos de uma progresso aritmtica. O quarto termo dessa progresso aritmtica

(A) 11.

(B) 10.

(C) 9.

(D) 8.

(E) 7.

16

Pedro e Paulo possuem, respectivamente, R$ 2.546,00 e R$ 3.748,00. Para que fiquem com exatamente a mesma quantia, Paulo deve dar a Pedro

(A) R$ 3.147,00.

(B) R$ 1.202,00.

(C) R$ 1.198,00.

(D) R$ 894,00.

(E) R$ 601,00.

17

Trs analistas analisam doze processos em dois dias. Com a mesma eficincia, em quantos dias dois analistas analisaro vinte e quatro processos?

(A) Doze.

(B) Dez.

(C) Oito.

(D) Seis.

(E) Quatro.

18

Em um determinado dia, uma ao da bolsa de valores desvalorizou 4%. No dia seguinte, essa mesma ao valorizou 4%. Ao final desses dois dias, em relao ao valor inicial, essa ao

(A) no valorizou nem desvalorizou.

(B) valorizou 0,04%.

(C) desvalorizou 0,04%.

(D) valorizou 0,16%.

(E) desvalorizou 0,16%.

19

A negao lgica da sentena Se como demais, ento passo mal

(A) Se no como demais, ento no passo mal.

(B) Se no como demais, ento passo mal.

(C) Como demais e no passo mal.

(D) No como demais ou passo mal.

(E) No como demais e passo mal.

20

Considere a sentena a seguir.

Se nasci em Rondnia ou Roraima, ento sou brasileiro.

Assinale a opo que apresenta uma sentena logicamente equivalente sentena dada.

(A) Se no nasci em Rondnia nem em Roraima, ento no sou brasileiro.

(B) Se nasci em Rondnia, ento sou brasileiro.

(C) Se no nasci em Roraima, ento no sou brasileiro.

(D) Se no sou brasileiro, ento no nasci em Rondnia nem em Roraima.

(E) Se sou brasileiro e no nasci em Rondnia, ento nasci em Roraima.

21

Em um grupo de 10 deputados, 6 so do Partido A e 4 so do Partido B. Sero sorteados 2 desses 10 deputados, aleatoriamente.

A probabilidade de os 2 deputados sorteados serem do Partido B

(A) 5

1.

(B) 5

2.

(C) 3

2.

(D) 9

2.

(E) 15

2.

22

O presidente e o vice-presidente de uma comisso sero escolhidos entre os 10 deputados do Partido X e os 6 deputados do Partido Y. Os Partidos acordaram que os dois cargos no podero ser ocupados por deputados de um mesmo Partido.

O nmero de maneiras diferentes de se escolher o presidente e o vice-presidente dessa comisso,

(A) 16.

(B) 32.

(C) 60.

(D) 64.

(E) 120.

Assemblia Legislativa de Rondnia FGV Projetos

Analista Legislativo - Engenharia de Segurana do Trabalho 1 Tipo 1 Cor BRANCA Pgina 6

23

Em uma caixa h N bolas, das quais 8% so brancas e as demais so pretas. Retiram-se da caixa certo nmero de bolas pretas, de tal forma que agora as bolas brancas representam 40% das bolas que esto na caixa.

O nmero de bolas pretas que foram retiradas da caixa representa

(A) 80% de N.

(B) 60% de N.

(C) 50% de N.

(D) 40% de N.

(E) 32% de N.

24

Em uma sequncia de nmeros, para quaisquer trs termos consecutivos x, y, z vale a relao z = 3y x.

Se o 18 termo dessa sequncia 2 e o 20 termo 10, ento o 14 termo

(A) 2.

(B) 4.

(C) 10.

(D) 16.

(E) 26.

Legislao Especfica

25

Com relao organizao do Estado, analise as afirmativas a seguir.

I. Regies Metropolitanas podero ser criadas por meio de lei ordinria, que estabelecer a forma pela qual integraro a organizao, o planejamento e a execuo das funes pblicas de interesse comum.

II. Lei disciplinar o procedimento por meio do qual o Estado poder realizar a cesso de uso de bens que lhe pertenam.

III. O Estado manter, na forma fixada por lei complementar, um fundo de melhoria das estncias tursticas, que forem criadas tambm por lei complementar, para desenvolver programas de urbanizao, melhorias e proteo ambiental.

Est correto o que se afirma em

(A) I, apenas.

(B) II, apenas.

(C) I e II, apenas.

(D) II e III, apenas.

(E) I, II e III.

26

As opes a seguir apresentam funes inseridas dentro da competncia do Estado de Rondnia, exceo de uma. Assinale-a.

(A) Legislar sobre o cumprimento da Constituio Estadual.

(B) Criar, organizar e administrar os servios do Estado.

(C) Elaborar planos regionais de ordenao do territrio.

(D) Instituir e arrecadar tributos de sua competncia.

(E) Estimular e organizar a atividade econmica.

27

O Prefeito do Municpio mega nomeou, como Secretria de Ao Social do Municpio, sua cunhada, Rosa Lima. Nomeou, ainda, para a funo de assessor jurdico da Prefeitura, seu sobrinho, Lionel Batista, advogado, que funcionrio efetivo da Prefeitura.

Sobre essas nomeaes, assinale a afirmativa correta. (A) Ambas as nomeaes devem ser consideradas nulas, em

funo da ocorrncia de nepotismo.

(B) Ambas as nomeaes so lcitas e permanecem hgidas, j que a primeira para cargo poltico, de governo, e a segunda de servidor efetivo, profissionalmente habilitado.

(C) Deve prevalecer apenas a nomeao da cunhada, que no possui grau de parentesco com o Prefeito.

(D) Deve prevalecer apenas a nomeao do sobrinho, j que este possui cargo efetivo e prestou concurso pblico.

(E) Nenhuma das nomeaes deve ser admitida, posto que atentam contra o princpio da moralidade pblica.

28

Com relao ao Plano de Carreira, Cargos e Remunerao (PCCR) dos servidores pblicos do Estado de Rondnia, assinale a afirmativa correta.

(A) O PCCR/RO est vinculado s estratgias administrativas de carter discricionrio propostas pela Assembleia Legislativa do Estado de Rondnia.

(B) O Plano de Carreira, Cargos e Remunerao foi elaborado de forma tcnica, centralizada, sendo apresentado aos servidores para a implementao respectiva.

(C) O PCCR/RO est fundamentado em processo de reestruturao das carreiras, dos cargos e da poltica de remunerao implantados;

(D) O PCCR/RO tem por diretriz estabelecer o desenvolvimento da carreira com base no tempo de servio do servidor.

(E) O PCCR/RO tem foco na gesto horizontal e cardica, em que cada funcionrio exercita a prpria chefia, propondo e cumprindo as prprias metas.

29

As opes a seguir apresentam requisitos bsicos para a investidura em cargo pblico no Estado de Rondnia, exceto uma. Assinale-a.

(A) Estar em pleno gozo de seus direitos polticos.

(B) Estar quites com suas obrigaes eleitorais.

(C) Ter idade mnima de 21 anos.

(D) Estar quites com suas obrigaes militares.

(E) Ter nacionalidade brasileira.

Assemblia Legislativa de Rondnia FGV Projetos

Analista Legislativo - Engenharia de Segurana do Trabalho 1 Tipo 1 Cor BRANCA Pgina 7

30

Maria de Souza prestou concurso para o cargo pblico de enfermeira junto secretaria de sade do Estado de Rondnia, tendo obtido o 4 lugar no certame. O edital mencionava haver quatro vagas, mas Maria no chegou a ser convocada, tendo expirado o prazo do certame.

Sobre o caso narrado, assinale a afirmativa correta.

(A) H direito de Maria de Souza nomeao, j que foi aprovada dentro do nmero de vagas do edital.

(B) No existe direito adquirido nomeao, por que o Estado tem o poder discricionrio de nomear ou no os aprovados.

(C) O direito de Maria o da observncia da ordem de aprovao no certame, no o de ser nomeada.

(D) Maria tem direito nomeao, tanto que o Estado revalide o resultado do concurso pblico.

(E) O concurso perdeu validade, porque o prazo do edital expirou e Maria no pode mais ser nomeada.

31

Assinale a opo que apresenta um rgo da estrutura organizacional da Assembleia Legislativa do Estado de Rondnia.

(A) Secretaria de Imprensa.

(B) Corregedoria do Tribunal de Contas.

(C) Gabinete da Liderana do Governo.

(D) Procuradoria Geral do Ministrio Pblico.

(E) Superintendncia do Tribunal Eleitoral.

32

Com relao ao sistema de gesto de desempenho do servidor da Assembleia Legislativa do Estado de Rondnia, que esteja no exerccio de cargo de provimento efetivo, analise as afirmativas a seguir.

I. utilizado de forma intermitente e pontual para avaliao da eficincia e eficcia do trabalho executado pelo servidor.

II. Tem por objetivo propiciar a melhoria das relaes e as condies de trabalho.

III. utilizado para acompanhar o desempenho funcional do servidor, sancionando eventuais falhas.

Est correto o que se afirma em

(A) I, apenas.

(B) I e II, apenas.

(C) II e III, apenas.

(D) II, apenas.

(E) III, apenas.

Histria e Geografia de Rondnia

33

Os fragmentos a seguir descrevem negociaes diplomticas ocorridas no processo de constituio da fronteira ocidental do Imprio portugus.

I - Assegura o domnio e a soberania territorial da Coroa

Portuguesa sobre as regies americanas compreendidas entre

os rios Amazonas e Oiapoque, fixando os limites entre Frana

e Portugal na regio da Guiana.

II - Adota o princpio da "ocupao efetiva" e garante o controle

luso de rios existentes na capitania de Mato Grosso, no vale

do Guapor, regio que daria acesso, atravs do rio Guapor

e demais rios amaznicos, ao Estado do Gro-Par e

Maranho.

Os fragmentos exemplificam, respectivamente, os Tratados de

(A) Tordesilhas e Utrecht.

(B) El Pardo e Santo Ildefonso.

(C) Madri e El Pardo.

(D) Santo Ildefonso e Tordesilhas.

(E) Utrecht e Madri.

34

No sculo XVIII, a descoberta de minas de ouro no centro-oeste da colnia portuguesa promoveu

(A) a ocupao de zonas centrais da Capitania de Mato Grosso, em torno das misses e fazendas dos jesutas j existentes, que serviram de apoio para o comrcio local.

(B) a imigrao de portugueses e bandeirantes para a Capitania de Mato Grosso e a fundao de duas vilas, a Vila de Cuiab e a Vila Bela da Santssima Trindade.

(C) a integrao dos indgenas sociedade colonial, mediante as oportunidades de trabalho nos garimpos e pelo incremento na comercializao das drogas do serto.

(D) a instalao de casas de fundio, para controlar a circulao de ouro e de prata na regio, e a criao do Forte do Prncipe da Beira, para impedir o contrabando de metais preciosos.

(E) a criao da Capitania de Mato Grosso e Cuiab, em terras desmembradas da Capitania de Minas Gerais, oferecendo sesmarias para os colonos, a fim de favorecer sua ocupao.

35

Entre 1907 e 1915, Cndido Rondon comandou a Comisso de Linhas Telegrficas Estratgicas do Mato Grosso ao Amazonas.

A respeito dessa iniciativa, assinale a afirmativa correta.

(A) Estendeu a linha telegrfica entre Campo Grande e Santo Antnio do Madeira, superando o isolamento da regio.

(B) Contribuiu para a formao de povoados, como Marco Rondon, Cacoal, Colorado do Oeste e Rolim de Moura.

(C) Complementou o telgrafo com rdios de poste, para maior alcance social na transmisso de informaes.

(D) Incluiu o levantamento topogrfico e a demarcao de fronteiras, alm de pesquisas etnogrficas, lingusticas e geolgicas.

(E) Integrou os "sertes do noroeste" ao sistema produtivo nacional, abrindo linhas de escoamento para a borracha.

Assemblia Legislativa de Rondnia FGV Projetos

Analista Legislativo - Engenharia de Segurana do Trabalho 1 Tipo 1 Cor BRANCA Pgina 8

36

Sobre a criao do Territrio Federal do Guapor, em 1943, assinale a afirmativa correta.

(A) Deu-se por Decreto-lei, para demarcar reas de fronteira consideradas estratgicas para a segurana nacional.

(B) Ocorreu mediante consulta populao por plebiscito, com vistas abertura de novas fronteiras de colonizao.

(C) Processou-se por meio da ao legislativa da Assembleia Estadual, favorecendo a ocupao dos sertes do "Brasil interior".

(D) Deu-se por iniciativa de interventores do Estado Novo, como parte do programa de ocupao de regies limtrofes despovoadas.

(E) Ocorreu por determinao do Exrcito, preocupado com fluxos migratrios e contrabando na fronteira amaznica brasileira.

37

A respeito da colonizao da Amaznia enquanto poltica de Estado no perodo da Ditadura Militar (1964-1985), relacione as iniciativas estatais, listadas a seguir, respectiva descrio de seus objetivos.

1. SUDAM (Superintendncia de Desenvolvimento da Amaznia), em 1966.

2. PIN (Programa de Integrao Nacional), em 1970.

3. PICs (Projetos Integrados de Colonizao), entre 1970-75.

4. POLAMAZNIA (Programa de Polos Agropecurios e Agro minerais da Amaznia), em 1974.

( ) Induzir a alocao de colonos do centro-sul em lotes prximos a estradas vicinais e escolas, alm de fornecer assistncia em sade, educao e orientao tcnica.

( ) Estabelecer incentivos fiscais para atrair investidores privados, nacionais e internacionais que financiassem o desenvolvimento econmico na regio.

( ) Assentar camponeses nordestinos em lotes de 100 ha ao longo das rodovias em construo, a Transamaznica e a Cuiab-Santarm.

( ) implantar polos agrcolas regionais para incentivar a fixao populacional em reas de minerao e de interesse estratgico.

Assinale a opo que apresenta a sequncia correta, segundo a ordem apresentada.

(A) 1, 2, 3 e 4.

(B) 1, 3, 4 e 2.

(C) 2, 4, 1 e 3.

(D) 3, 1, 2, e 4.

(E) 4, 2, 3 e 1.

38

Em 1960, durante o governo de Juscelino Kubitschek, o antigo

trajeto da Comisso Rondon serviu de guia para a construo da

BR-364, ligando Cuiab a Porto Velho e Rio Branco. Os projetos de

colonizao da dcada de 1970 e o asfaltamento da BR-364 na

dcada de 1980 configuram um ponto de inflexo da histria de

Rondnia.

Adaptado de Rondnia: do leito do Madeira s margens da BR-364. Belo Horizonte: Instituto Bioterra, 2013.

As afirmativas a seguir identificam corretamente aspectos da "inflexo histrica" a que o texto se refere, exceo de uma. Assinale-a.

(A) O ocaso da estrutura espacial at ento predominante, com a populao e a economia concentradas ao redor dos municpios de Porto Velho e Guajar-Mirim.

(B) O deslocamento do eixo de importncia para a BR-364, transformada em espinha dorsal do Estado, promovendo o desenvolvimento de municpios s suas margens.

(C) O crescimento do setor industrial associado transformao de bens primrios como o ltex, a cassiterita e o estanho, favorecido pelo novo modal rodovirio.

(D) O fomento s atividades agropecurias e o desenvolvimento de uma ocupao mais permanente da regio, facilitando os fluxos migratrios.

(E) A acelerao do processo de desmatamento da regio para a agricultura, a pecuria e os projetos de colonizao, gerando perda considervel da floresta primria.

39

Sobre os tipos de vegetao presentes no Estado de Rondnia e suas reas de ocorrncia, analise as afirmativas a seguir.

I. Floresta ombrfila aberta (floresta de transio), que ocupa a maior parte do territrio, principalmente a regio central, norte, sul e leste.

II. Floresta ombrfila densa (floresta amaznica), que ocupa algumas reas na regio central do territrio e se caracteriza por rvores de grande e mdio porte, bem adensadas.

III. Savana (cerrado/campos), que ocupa a regio central do estado, marcada por rvores baixas, com troncos tortuosos de casca grossa e rugosa, e folhas duras.

Est correto o que se afirma em

(A) I, apenas.

(B) I e II, apenas.

(C) I e III, apenas.

(D) II e III, apenas

(E) I, II e III.

Assemblia Legislativa de Rondnia FGV Projetos

Analista Legislativo - Engenharia de Segurana do Trabalho 1 Tipo 1 Cor BRANCA Pgina 9

40

Uma parcela da rede de transportes de Rondnia integra o chamado "Arco Norte", um sistema intermodal estratgico que envolve a Bacia Amaznica brasileira e um trecho da Bacia do Paran-Paraguai (Mato Grosso).

A respeito do Arco Norte, analise as afirmativas a seguir.

I. O sistema intermodal do Arco Norte conecta o vale amaznico s rotas mais estruturadas do Sul e Sudeste, para aprimorar a logstica de exportao para a Europa, Amrica e sia.

II. Pelas rodovias, ferrovias e hidrovias do Arco Norte so escoados principalmente gros, carnes, derivados de madeira e minrios e so desembarcados fertilizantes e outros insumos.

III. O corredor do Madeira conecta Porto Velho a Itacoatiara (AM), beneficiando o escoamento da produo agrcola do norte de Mato Grosso e do sudeste de Rondnia.

Est correto o que se afirma em

(A) I, apenas.

(B) I e II, apenas.

(C) I e III, apenas.

(D) II e III, apenas

(E) I, II e III.

Conhecimentos Especficos

41

A respeito das caractersticas do Perfil Profissiogrfico Previdencirio (PPP), assinale a afirmativa correta.

(A) Reflete a melhoria das condies de trabalho de classes de trabalhadores de uma empresa.

(B) Auxilia na aquisio dos equipamentos de segurana de uma classe de trabalhadores.

(C) Auxilia na alocao do trabalhador no seu ambiente de trabalho.

(D) Reflete a atual condio de exposio de cada segurado aos agentes de risco.

(E) Auxilia a empresa na contratao de um trabalhador.

42

A Comisso Interna de Preveno de Acidentes - CIPA tem como objetivo prevenir acidentes e doenas decorrentes do trabalho.

Assinale a opo que mostra como ela composta.

(A) Pelos representantes dos empregados e o mandato ser de um ano sem direito reeleio.

(B) Pelos representantes dos empregados e o mandato ser de um ano com direito a uma reeleio.

(C) Pelos representantes do empregador e dos empregados e o mandato ser de um ano com direito a uma reeleio.

(D) Pelos representantes do empregador e dos empregados e o mandato ser de um ano sem direito reeleio.

(E) Pelos representantes do empregador e dos empregados e o mandato ser de dois anos com direito a uma reeleio.

.

43

A respeito do que prescreve a Norma Regulamentadora 4 sobre a constituio dos Servios Especializados em Engenharia de Segurana e em Medicina do Trabalho SESMT, analise as afirmativas a seguir.

I. Empresas privadas e pblicas, rgos pblicos da administrao direta e indireta e dos poderes Legislativo e Judicirio, que possuam empregados regidos pela Consolidao das Leis do Trabalho - CLT, mantero, obrigatoriamente o SESMT.

II. Empresas com a mesma atividade econmica constituam SESMT comum, desde que, sejam localizadas, obrigatoriamente, no mesmo municpio.

III. Empresas que desenvolvem suas atividades em um mesmo polo industrial ou comercial podem constituir SESMT comum.

Est correto o que se afirma em

(A) I, apenas.

(B) II, apenas.

(C) III, apenas.

(D) I e II, apenas.

(E) I e III, apenas.

44

A respeito de equipamentos de proteo individual EPI, analise as afirmativas a seguir.

I. Deve ser fornecido aos empregados durante o perodo de implantao de medidas de proteo coletiva.

II. So dispensveis, se as medidas de ordem geral oferecerem completa proteo.

III. Somente poder ser fornecido aos trabalhadores aps a aprovao pela empresa.

Est correto o que se afirma em

(A) I, somente.

(B) II, somente.

(C) III, somente.

(D) I e II, somente.

(E) I e III, somente.

45

A elaborao e implantao do Programa de Preveno de Riscos Ambientais PPRA obrigatrio para todos os empregadores. Assinale a opo que apresenta um dos itens que compem o reconhecimento dos riscos ambientais desse programa.

(A) Periodicidade na avaliao do desenvolvimento do PPRA.

(B) Estabelecimento de prioridades e metas de avaliao e controle.

(C) Caracterizao das atividades e do tipo da exposio.

(D) Estratgia e metodologia de ao.

(E) Avaliao dos riscos e da exposio dos trabalhadores.

Assemblia Legislativa de Rondnia FGV Projetos

Analista Legislativo - Engenharia de Segurana do Trabalho 1 Tipo 1 Cor BRANCA Pgina 10

46

O rudo um fator de risco presente no cotidiano das relaes humanas, constituindo-se em uma preocupao nas diversas atividades de trabalho.

A tabela a seguir apresenta o limite mximo de tempo e o tempo real de exposio para cada fonte de rudo.

Fontes de

Rudo

Limite Mximo

exposio - horas

Tempo Real

exposio - horas

A 10 8

B 8 6

C 8 4

A respeito da dosagem de rudo para a situao da tabela, assinale a afirmativa correta.

(A) igual a 0,69 e est abaixo do limite tolervel.

(B) igual a 2,05 e est abaixo do limite tolervel.

(C) igual a 2,05 e est acima do limite tolervel.

(D) igual a 4,58 e est abaixo do limite tolervel.

(E) igual a 4,58 e est acima do limite tolervel.

47

O trabalhador que submetido a um local com atmosfera considerada Imediatamente Perigosa Vida ou Sade IPVS, deve fazer uso de um respirador.

De acordo com o Programa de Proteo Respiratria, assinale a opo que indica o profissional que deve verificar se o trabalhador est apto a usar o respirador.

(A) O responsvel pelo treinamento do uso do equipamento.

(B) O engenheiro de segurana do trabalho.

(C) O superintendente do setor da fbrica.

(D) O responsvel pelo PPR.

(E) O mdico.

48

A respeito do transporte, movimentao, armazenagem e manuseio de materiais, analise as afirmativas a seguir.

I. Os operadores de equipamentos de transporte motorizado somente podero dirigir durante o horrio de trabalho e portando um carto de identificao.

II. Em locais fechados e sem ventilao, em qualquer situao, proibida a utilizao de mquinas transportadoras movidas a motores de combusto interna.

III. O processo manual de empilhamento somente permitido at a altura de 5 metros.

Est correto o que se afirma em

(A) I, somente.

(B) II, somente.

(C) III, somente.

(D) I e II, somente.

(E) I e III, somente.

49

Em uma fbrica, foram realizadas medies de temperatura de bulbo mido natural e de temperatura de globo, sendo seus valores respectivamente iguais a 25 OC e 40 OC.

Considerando que o ambiente interno e sem carga solar, pode-se afirmar que o ndice de Bulbo mido Termmetro de Globo (IBUTG) igual a

(A) 28,3 OC.

(B) 29,5 OC.

(C) 29,9 OC.

(D) 31,7 OC.

(E) 32,3 OC.

50

O incndio um evento que causa muitos danos pessoais e materiais em um ambiente de trabalho.

A respeito dos procedimentos para proteo de pessoas diante de um sinistro dessa natureza, assinale a afirmativa correta.

(A) O empregado tem a responsabilidade de buscar informaes a respeito dos equipamentos de combate a incndio.

(B) O empregador deve dispor de todas as informaes sobre os procedimentos para a evacuao dos locais de trabalho com segurana.

(C) As vias de passagem devem ser indicadas por meio de croquis dispostos em todas as vias.

(D) As chaves das sadas de emergncia, durante o expediente, devem estar com o responsvel direto da respectiva dependncia.

(E) A utilizao de equipamentos de combate a incndio deve ser de uso exclusivo da brigada de incndio.

51

Assinale a opo que indica a atividade profissional que envolve a utilizao de chumbo e enquadrada com grau de insalubridade mdio.

(A) A fabricao de esmaltes e vernizes.

(B) A fundio e laminao de chumbo.

(C) A pintura a pistola com pigmentos de compostos de chumbo em recintos limitados ou fechados.

(D) A fabricao de porcelana com esmaltes de compostos de chumbo.

(E) A pintura a pistola ou manual com pigmentos de compostos de chumbo ao ar livre.

52

Os incndios so classificados de acordo com as caractersticas dos seus combustveis. Dentre os tipos de incndio apresentados, assinale o que se refere ao tipo Classe C.

(A) Fogo em materiais slidos.

(B) Fogo em combustveis lquidos inflamveis.

(C) Fogo em materiais/equipamentos energizados.

(D) Fogo em metais pirofricos.

(E) Fogo em materiais gasosos.

Assemblia Legislativa de Rondnia FGV Projetos

Analista Legislativo - Engenharia de Segurana do Trabalho 1 Tipo 1 Cor BRANCA Pgina 11

53

O processo de Anlise de Risco baseados na identificao, anlise, avaliao e tratamento dos riscos dentro de uma organizao, com o objetivo de minimizar a possibilidade e a probabilidade de ocorrncia de acidentes, denominado

(A) gerenciamento de riscos.

(B) aceitabilidade de riscos.

(C) percepo de riscos.

(D) avaliao de risco.

(E) difuso de riscos.

54

O adicional incidente sobre o salrio mnimo determinado pelo grau de insalubridade a que o funcionrio, no exerccio de trabalho, submetido.

Os adicionais, para os graus mnimo, mdio e mximo, so, em percentuais, respectivamente, iguais a

(A) 10, 20 e 40.

(B) 10, 20 e 30.

(C) 15, 30 e 40.

(D) 20, 30 e 40.

(E) 20, 30 e 45.

55

A respeito das condies sanitrias e de conforto nos locais de trabalho, de acordo com a Norma Regulamentadora 24, assinale a afirmativa correta. (A) Para atividades insalubres, necessrio um lavatrio para

cada 20 trabalhadores.

(B) As paredes dos sanitrios podero ser construdas em alvenaria ou madeira.

(C) A rede hidrulica poder ser abastecida sem caixa dgua desde que tenha presso suficiente para permitir bom funcionamento nas tomadas de gua.

(D) Os vestirios devero ser dotados de armrios individuais e biombos para aqueles de uso comum aos sexos.

(E) Nos estabelecimentos em que trabalhem mais de 300 operrios, obrigatria a existncia de refeitrio.

56

A respeito do Pronturio de Instalaes Eltricas para estabelecimentos com carga instalada superior a 75 kW, analise as afirmativas a seguir.

I. obrigatria a documentao das inspees e as medies do sistema de proteo contra descargas atmosfricas e aterramentos eltricos.

II. obrigatria a documentao comprobatria da qualificao, habilitao, capacitao, autorizao dos trabalhadores e dos treinamentos realizados.

III. obrigatria a certificao dos equipamentos e materiais eltricos em reas classificadas e no classificadas.

Est correto o que se afirma em

(A) I, apenas.

(B) II, apenas.

(C) III, apenas.

(D) I e II, apenas.

(E) I e III, apenas.

57

Uma instalao eltrica ser considerada desenergizada, de acordo com a Norma Regulamentadora 10, se atender a uma srie de procedimentos.

Assinale a opo que apresenta trs desses procedimentos.

(A) Seccionamento, instalao de barreiras e proteo dos elementos energizados existentes.

(B) Seccionamento, impedimento de reenergizao e retirada de todos os trabalhadores da zona controlada.

(C) Impedimento de reenergizao, constatao da ausncia de tenso e instalao de aterramento temporrio.

(D) Impedimento de reenergizao, instalao da sinalizao de impedimento de reenergizao e instalao de barreiras.

(E) Instalao de aterramento temporrio, proteo dos elementos energizados existentes e retirada de todos os trabalhadores da zona controlada.

58

As reas onde existe a presena de mistura explosiva so denominadas de reas classificadas. Nessas reas a instalao eltrica deve ser realizada

(A) com materiais e equipamentos com tipo de proteo adequado mistura explosiva.

(B) com materiais e equipamentos com grau de proteo adequada mistura explosiva.

(C) com materiais e equipamentos convencionais.

(D) com materiais e equipamentos com grau de isolao elevada.

(E) com materiais e equipamentos com constante dieltrica adequada mistura explosiva.

59

Com objetivo de minimizar os efeitos da vibrao de mos e braos - VMB e da vibrao de corpo inteiro VCI sobre o trabalhador, algumas medidas preventivas e corretivas podem ser adotadas.

Assinale a opo que apresenta uma medida corretiva.

(A) Adoo de procedimentos de trabalhos alternativos.

(B) Orientao dos trabalhadores quanto aos riscos.

(C) Vigilncia da sade dos trabalhadores.

(D) Avaliao peridica da exposio.

(E) Substituio de ferramentas.

60

As atividades eltricas tidas como perigosas fazem jus a um adicional de periculosidade. As atividades apresentadas a seguir justificam o adicional, exceo de uma. Assinale-a.

(A) Instalaes energizadas em baixa tenso no sistema eltrico de consumo SEC, quando as medidas de segurana coletivas no so garantidas.

(B) Instalaes ou equipamentos integrantes do sistema eltrico de potncia SEP.

(C) Locais onde so realizadas manobras de liga e desliga de circuitos, desde que os materiais e equipamentos eltricos estejam em conformidade com as normas tcnicas.

(D) Locais prximos aos equipamentos integrantes do sistema eltrico de potncia SEP.

(E) Instalaes ou equipamentos eltricos energizados em alta tenso.

Assemblia Legislativa de Rondnia FGV Projetos

Analista Legislativo - Engenharia de Segurana do Trabalho 1 Tipo 1 Cor BRANCA Pgina 12

61

Para a adequao das condies de trabalho dos operadores de checkout, assinale a afirmativa correta.

(A) O mobilirio deve atender s caractersticas antropomtricas de 50% dos trabalhadores.

(B) O mobilirio deve assegurar uma postura para o trabalho na posio sentada e em p, mesmo que o operador permanea a maior parte do tempo sentado.

(C) O operador deve dispor de um apoio para os ps, para cadeiras sem regulagens de altura.

(D) O operador, para trabalho em mesas desprovidas de esteira eletromecnica, deve ter um auxiliar para a movimentao de mercadorias.

(E) O operador, para trabalho em mesas com esteira eletromecnica de pelo menos 1 metro, no necessita de um auxiliar para a movimentao de mercadorias.

62

A respeito da ergonomia, sob o ponto de vista dos diversos domnios de especializao, que visam propiciar adequadas condies de trabalho aos empregados, analise as afirmativas a seguir.

I. A Ergonomia Cognitiva diz respeito otimizao de sistemas socio tcnicos, incluindo suas estruturas organizacionais e polticas.

II. A Ergonomia Fsica versa sobre as caractersticas humanas anatmicas, antropomtricas, fisiolgicas e biomecnicas que se relacionam com a atividade fsica.

III. A Ergonomia Organizacional relata sobre os processos mentais, como a percepo, a memria, o raciocnio e a resposta motora.

Est correto o que se afirma em:

(A) I, somente.

(B) II, somente.

(C) III, somente.

(D) I e II, somente.

(E) I e III, somente.

63

A Norma Regulamentadora 18 preconiza que os alojamentos dos canteiros de obra devem ter

(A) rea mnima de 2,5 m2 por mdulo cama/armrio.

(B) p-direito de 2,0 m para cama simples e de 2,5 m para camas duplas.

(C) at 3 camas na mesma vertical.

(D) rea de ventilao de, no mnimo, 1/10 da rea do piso.

(E) altura livre, entre uma cama e outra na mesma vertical, de at, no mnimo, 0,80 m.

64

Os atos decorrentes da execuo de tarefas de forma contrria segurana so definidos como Atos Inseguros e podem ser motivados por

(A) clima de insegurana quanto manuteno do emprego.

(B) equipamentos inadequados para a execuo de tarefas.

(C) desconforto trmico e lumnico do ambiente de trabalho.

(D) ausncia de equipamentos de proteo individual EPI.

(E) ausncia de equipamento de proteo coletiva - EPC.

65

A ergonomia definida, segundo a Associao Brasileira de Ergonomia, como sendo o estudo da adaptao do trabalho s caractersticas fisiolgicas e psicolgicas do ser humano.

A esse respeito, analise as afirmativas a seguir.

I. A ergonomia visa diminuir os custos relativos ao trabalho.

II. A norma relativa ergonomia estabelece parmetros de adaptao das condies de trabalho s caractersticas psicofisiolgicas dos trabalhadores.

III. O estudo da ergonomia considera os indicadores relativos melhoria contnua dos processos de trabalho.

Est correto o que se afirma em

(A) I, apenas.

(B) II, apenas.

(C) III, apenas.

(D) I e II, apenas.

(E) II e III, apenas.

66

A respeito dos Servios Especializados em Engenharia de Segurana e em Medicina do trabalho (SESMT), assinale (V) para a afirmativa verdadeira e (F) para a falsa.

( ) O dimensionamento dos Servios Especializados em Engenharia de Segurana e em Medicina do Trabalho considera a gradao do risco da atividade principal e o nmero total de empregados do estabelecimento.

( ) Os profissionais integrantes da SESMT devem ser empregados da empresa.

( ) As empresas de mesma atividade econmica localizadas em municpios limtrofes, podem constituir SESMT comum.

As afirmativas so, respectivamente,

(A) V F F.

(B) F F V.

(C) V F V.

(D) F V V.

(E) V V V.

67

A responsabilidade de indicar ao empregador o EPI adequado ao risco existente em determinada atividade do(a)

(A) CIPA.

(B) SESMT.

(C) PCMSO.

(D) CIPAMIN.

(E) CEPAD.

Assemblia Legislativa de Rondnia FGV Projetos

Analista Legislativo - Engenharia de Segurana do Trabalho 1 Tipo 1 Cor BRANCA Pgina 13

68

Assinale a opo que apresenta uma atribuio da Comisso Interna de Preveno de Acidentes CIPA.

(A) registrar mensalmente os dados atualizados de acidentes do trabalho.

(B) colaborar, quando solicitado, nos projetos e na implantao de novas instalaes fsicas e tecnolgicas da empresa.

(C) realizar, periodicamente, verificaes nos ambientes e nas condies de trabalho.

(D) aplicar os conhecimentos de engenharia de segurana do trabalho ao ambiente de trabalho.

(E) promover a realizao de atividades de conscientizao, educao e orientao dos trabalhadores para a preveno de acidentes do trabalho e doenas ocupacionais.

69

A Norma Regulamentadora 26 regula a escolha das cores utilizadas nos locais de trabalho para preveno de acidentes.

Para indicar as portas de sadas de emergncia utilizada a cor

(A) amarela.

(B) vermelha.

(C) azul.

(D) verde.

(E) laranja.

70

As placas de sinalizao triangulares so utilizadas para fins de

(A) alerta.

(B) obrigao.

(C) segurana.

(D) preveno de incndio.

(E) Interdio.

71

Considere a situao em que um trabalhador deva desligar uma chave energizada em um cubculo com instalao eltrica. Associe a as condies do trabalho s situaes de risco e perigo.

1 - O trabalhador utiliza EPI no cubculo

2 - O trabalhador entra no cubculo

3 - O trabalhador no utiliza EPI no cubculo

4 - O trabalhador desliga remotamente

( ) Perigo de acidente

( ) Ausncia de perigo de acidente

( ) Alto risco de acidente

( ) Baixo risco de acidente

Assinale a opo que apresenta a relao correta, segundo a ordem apresentada.

(A) 2, 1, 3; 4.

(B) 2, 4, 3; 1.

(C) 3, 1, 2; 4.

(D) 3, 2, 1; 4.

(E) 4, 1, 2; 3.

72

Um trabalhador que executa uma tarefa no alto de uma edificao, deixa cair uma ferramenta que atinge o solo sem causar qualquer dano pessoal ou material.

Esse evento definido como:

(A) acidente.

(B) incidente.

(C) desvio.

(D) no acidente.

(E) ao negligente.

73

O trabalhador e o empregador devem agir sempre com segurana. A esse respeito, considere as afirmativas a seguir.

I. Impercia a inabilidade ou a inexperincia, compreendendo a falta de prtica ou o no-conhecimento tcnico necessrio para o exerccio da tarefa.

II. Negligncia a falta de ateno no trabalho, onde o resultado do ato do agente poderia ser previsto.

III. Imprudncia consiste em desprezar ou no dispensar o devido cuidado nas tarefas a serem executadas causando danos.

Est correto o que se afirma em

(A) I, apenas.

(B) II, apenas.

(C) III, apenas.

(D) I e II, apenas.

(E) II e III, apenas.

74

O riscos ergonmicos so apresentados no mapa de risco na cor

(A) verde.

(B) marrom.

(C) vermelho.

(D) amarelo.

(E) azul.

75

Na ocorrncia de um evento de quase acidente, o engenheiro de segurana do trabalho deve, prioritariamente,

(A) registrar o caso.

(B) divulgar os fatos ocorridos.

(C) orientar os trabalhadores envolvidos.

(D) investigar o caso.

(E) anotar os trabalhadores envolvidos.

Assemblia Legislativa de Rondnia FGV Projetos

Analista Legislativo - Engenharia de Segurana do Trabalho 1 Tipo 1 Cor BRANCA Pgina 14

76

A respeito do treinamento dos trabalhadores na indstria da construo civil, de acordo com a Norma Regulamentadora 18, assinale (V) para a afirmativa verdadeira e (F) para a falsa.

( ) O treinamento admissional obrigatrio e o peridico fica a critrio da empresa.

( ) O treinamento peridico deve ocorrer na mudana de fase de uma obra.

( ) Nos treinamentos, os trabalhadores devem receber cpias dos procedimentos e operaes a serem realizadas com segurana.

As afirmativas so respectivamente,

(A) V F F.

(B) F F V.

(C) V V V.

(D) F V V.

(E) V F V.

77

A respeito do Programa de Preveno de Riscos Ambientais- PPRA, analise as afirmativas a seguir.

I. Prioriza a proteo do ambiente e dos recursos naturais.

II. Contm, na sua estrutura, a divulgao dos dados inerentes sade dos trabalhadores.

III. submetido a metas pr-definidas.

Est correto o que se afirma em

(A) I, somente.

(B) II, somente.

(C) III, somente.

(D) I e II, somente.

(E) II e III, somente.

78

A toxicidade que resulta de exposies contnuas e se estende por perodos de dias, meses ou anos, causando danos para a pele ou membrana mucosa, classificada como

(A) persistente.

(B) aguda local.

(C) crnica local.

(D) aguda sistmica.

(E) crnica sistmica.

79

Em um determinado meio de transporte acontecem 400 acidentes por ano, sendo 20 acidentes com ocorrncia de morte. Sabendo-se que 1.000.000 pessoas se valem desse transporte nesse perodo, o risco de acidente sem morte de cada pessoa que utiliza esse meio de transporte, de

(A) 3,8 x 10-4.

(B) 4,0 x 10-4.

(C) 4,2 x 10-4.

(D) 4,8 x 10-4.

(E) 5,2 x 10-4.

80

Na elaborao de um mapa de risco, um local com presena de bactrias ser enquadrado como um ambiente de

(A) Grupo 1.

(B) Grupo 2.

(C) Grupo 3.

(D) Grupo 4.

(E) Grupo 5.

Realizao