8a s©rie introdu§£o   f­sica

download 8a s©rie   introdu§£o   f­sica

of 35

  • date post

    10-Jul-2015
  • Category

    Technology

  • view

    10.638
  • download

    1

Embed Size (px)

Transcript of 8a s©rie introdu§£o   f­sica

  • Fsica

  • Fsica a cincia que estuda os fenmenos naturais, especialmente no que concerne as propriedades e interaes da matria e da energia. Trata dos componentes fundamentais

    do Universo, as foras que eles exercem e os resultados destas foras.

    O termo vem do grego (physis), que significa natureza, pois nos seus primrdios ela estudava, indistintamente, muitos aspectos do mundo natural.

    A Fsica difere da Qumica, ao lidar menos com substncias especficas e mais com a matria em geral, embora existam reas que se cruzem, como a Fsico-qumica (intimidade da

    matria).

    Dessa forma, os fsicos estudam uma vasta gama de fenmenos fsicos, em diversas escalas de comprimento: das partculas subatmicas, das quais toda a matria originada, at o

    comportamento do universo material como um todo (Cosmologia).

  • Mecnica Cinemtica Dinmica Esttica

    Hidrosttica

    Hidrodinmica

    Aerosttica

    Aerodinmica

    A Mecnica Clssica se refere s trs principais formulaes da mecnica pr-relativstica: a mecnica newtoniana, a mecnica lagrangeana e a mecnica hamiltoniana.

    a parte da Fsica que analisa o movimento, as variaes de energia e as foras que atuam sobre um corpo. No ensino de fsica, a mecnica clssica geralmente a primeira rea da fsica a ser lecionada.

  • Termologia Termodinmica Calorimetria

    Termometria

    A Termologia ou Termofsica a parte da Fsica que estuda o calor.

    Os fenmenos so interpretados a partir de modelos da estrutura da matria, sob dois pontos de vista distintos, porm complementares: o macroscpico (temperatura, energia interna e presso) e o microscpico (velocidade e energia

    cintica de tomos e molculas).

  • Ondulatria

    a rea da fsica que estuda o comportamento das ondas (perturbao oscilante de alguma grandeza fsica no espao e peridica no tempo.

    Analisa o comprimento, frequencia e velocidade da propagao das ondas.

  • Acstica

    Ramo da fsica que estuda o som

    Em acstica geralmente podemos dividir entre geradores de som, meios de transmisso, propagao e receptores.

  • ptica

    A ptica um ramo da Fsica que estuda a luz ou, mais amplamente, a radiao eletromagntica, visvel ou no.

    A ptica explica os fenmenos de reflexo, refrao e difrao, a interao entre a luz e o meio, entre outras coisas.

  • Eletromagnetismo Magnetismo

    Eletricidade

    Fsica de semicondutores

    O eletromagnetismo o campo da fsica que explica a relao entre a eletricidade e o magnetismo

    Essa teoria baseis-se no conceito de campo magntico

  • Fsica Moderna

    Fsica Moderna a denominao dada ao conjunto de teorias surgidas no comeo do sculo XX, principiando com a Mecnica Quntica e a Teoria da Relatividade e as alteraes no entendimento cientfico da decorrente, bem como

    todas as teorias posteriores.

    De fato, destas duas teorias resultaram drsticas alteraes no entendimento das noes do espao, tempo, medida, causalidade, simultaneidade, trajetria e localidade.

  • Relatividade

    A Teoria da Relatividade a denominao dada ao conjunto de duas teorias cientficas: Relatividade restrita (ou Especial) e Relatividade geral.

    O espao-tempo na relatividade especial tem uma variedade de 4 dimenses, trs espaciais e uma temporal (a quarta dimenso), nas quais noes de geometria podem ser utilizadas.

    O termo especial usado porque ela um caso especial do princpio da relatividade onde efeitos da gravidade so ignorados. Dez anos aps a publicao da teoria especial, Einstein publicou a Teoria Geral da Relatividade, que a

    verso especial, mas integrada com os efeitos da gravitao.

    Reltividade geral Relatividade restrita

  • Fsica atmica

    Ramo da fsica que estuda as camadas eletrnicas dos tomos, um conjunto de orbitais em um tomo, no qual se encontram os eltrons.

  • Fsica de Partculas

    Fsica subatmica

    A Fsica de partculas um ramo da Fsica que estuda os constituintes elementares da matria e da radiao, e a interao entre eles e suas aplicaes

    tambm chamada de Fsica de altas energias, porque muitas partculas elementares s podem ser detectadas a energias elevadas

  • Fsica nuclear

    A fsica nuclear estuda as propriedades e o comportamento dos ncleos atmicos e os mecanismos das reaes nucleares.

  • Mecnica Quntica

    A mecnica quntica a teoria fsica que obtm sucesso no estudo dos sistemas fsicos cujas dimenses so prximas ou abaixo da escala atmica, tais como molculas, tomos, eltrons, prtons e de outras partculas

    subatmicas, muito embora tambm possa descrever fenmenos macroscpicos em diversos casos.

  • Mecnica Estatstica

    A Mecnica estatstica (ou fsica estatstica) o ramo da fsica que estuda os comportamento de sistemas com elevado nmero de entidades

    constituintes a partir do comportamento destas entidades.

    Os constituintes podem ser tomos, molculas, ons, entre outros.

  • Aplicaes na tecnologiaEletrnica e Fsica computacional

    A eletrnica a cincia que estuda a forma de controlar a energia eltrica por meios eltricos nos quais os eltrons tm papel

    fundamental.

    Divide-se em Analgica e Digital porque suas coordenadas de trabalho optam por

    obedecer estas duas formas de apresentao dos sinais eltricos a serem tratados.

    Um assunto tradicional da Fsica computacional o uso de mtodos computacionais para a soluo de problemas para os quais j existe

    uma teoria quantitativa.

    Esse estudo importante pois muitos sistemas fsicos so descritos

    por equaes que no podem ser resolvidas por meio da lgebra.

  • Unidade de medida

    Quantidade especfica de determinada

    grandeza fsica e que serve de padro para

    eventuais comparaes, e que serve de padro para outras medidas.

  • Sistema de Unidades

    H dois tipos diferentes de unidades usados em medidas cientficas: Unidades de Engenharia britnicas e o sistema mtrico, tambm chamado de Sistema Internacional (SI).

    Ambos esto baseados em padres, entretanto sempre que trabalharmos com dados cientficos, usaremos o sistema

    internacional (SI), a menos que o exerccio ou experincia pea o contrrio. O sistema mtrico baseado no sistema decimal, e

    mais racional, inteligente, e mais fcil usar.

  • Existem sete unidades bsicas do SI

    que esto na tabela abaixo:

  • Medidas

    Qual a distncia entre o Rio de

    Janeiro e So Paulo? Qual o intervalo de

    tempo que um corpo leva para percorrer dois pontos? Qual a massa do seu corpo?

  • Medidas

    Algumas medidas incluem o tempo, a massa, o comprimento, a velocidade e a fora. Embora

    palavras como estas tenham usos fora da fsica, elas tm definies muito precisas e importantes

    dentro dela.

    Para descrever um sistema de medida, ns primeiramente devemos definir uma unidade, uma medida que seja definida como exatamente 1,0. Em seguida, ns devemos definir um padro, uma referncia a que outros exemplos so comparados.

  • Medidas

    A unidade da medida do tempo o segundo. O padro para 1 segundo definido, como voc ver mais tarde, pela quantidade de tempo que um elemento especfico vibra um determinado nmero de vezes.

    A Temperatura no (SI) pode ser expressa em Celsius (C), que a mais utilizada e Kelvin (K), ou absoluta, mais empregada em trabalhos cientficos, porm voc poder encontrar muitos problemas envolvendo medidas expressas em Fahrenheit (F), -usada nos pases anglo-saxes - nesse caso ser necessrio converter para a unidade de medida pedida.

  • Prefixos de medidas

  • Grandezas Fsicas e Unidades

  • Notao Cientfica

    A notao cientfica serve para expressar nmeros muito grandes ou muito pequenos. A segredo multiplicar um numero pequeno por uma potncia de

    10.

    200 000 000 000 2,00 000 000 000 note que a vrgula avanou 11 casas

    para a esquerda, entao em notao cientifica este numero fica: 2 . 1011.

    Para transformar um numero grande qualquer em notao cientifica,

    devemos deslocar a vrgula para a esquerda at o primeiro algarismo

    desta forma:

  • Notao Cientfica

    Para com valores muito pequenos, s mover a virgula para a direita, e a cada casa avanada, diminuir 1 da ordem de grandeza:

    0,0000000586 movendo a virgula para direita 5,86 (avano de 8 casas) 5,86.10-8

    -12.000.000.000.000 -1,2 . 1013

  • Grandezas Fsicas

    Grandezas Fsicas so aquelas grandezas que podem ser medidas, ou seja, so aquelas que

    descrevem qualitativamente e

    quantitativamente as relaes entre as

    propriedades observadas no estudo dos

    fenmenos fsicos.

  • Grandezas Fsicas

    Em fsica elas podem ser vetoriais ou escalares, como por exemplo, o tempo, a massa de um

    corpo, comprimento, velocidade, acelerao,

    fora, e muitas outras.

  • Grandezas Escalares

    So aquelas que precisam somente de um valor numrico e uma unidade para determinar uma

    grandeza fsica, um exemplo a nossa massa

    corporal.

    Grandezas como massa, comprimento e tempo so exemplos de grandeza escalar.

  • Grandezas Vetoriais

    Necessitam, para sua perfeita caracterizao, de uma representao mais precisa.

    Assim sendo, elas necessitam alm do valor numrico, que mostra a intensidade, uma

    representao espacial que determine a

    direo e o sentido.

    Acelerao, velocidade e fora so exemplos de grandezas vetoriais.

  • No confunda!!!

    Grandeza fsica diferente de unidade fsica.

    Por exemplo: o Porche 911 pode alcanar uma velocidade de 300 km/h.

    Nesse exemplo em questo a velocidade a grandeza fsica e km/h (quilmetros por hora)

    a unidade